2 de setembro de 2009

A estrela e o Anjo

Vésper caiu cheia de pudor na minha cama
Vésper cuja ardência não havia a menor parcela de sensualidade
Enquanto eu gritava seu nome três vezes
Dois grandes botões de rosa murcharam

E o meu anjo da guarda quedou-se de mãos postas no desejo insatisfeito de Deus.

Um comentário:

Luci disse...

Bem certa de que cada verso faz um significado pra quem o lê, fico pensando o que as pessoas entendem por "Enquanto eu gritava seu nome três vezes/Dois grandes botões de rosa murcharam".
Pra mim é triste e dolorido, ao mesmo tempo que é perfumado e simples.

Belo, belo! Manuel Bandeira foi meu primeiro namorado.