20 de abril de 2009

ORAÇÃO NO SACO DE MANGARATIBA

Nossa Senhora me dê paciência
Para estes mares para esta vida!
Me dê paciência pra que eu não caia
Pra que eu não pare nesta existência
Tão mal cumprida tão mais comprida
Do que a restinga de Marambaia!...

1926

Um comentário:

Anônimo disse...

Esta Poesia foi escrita inspirada numa viagem de Manuel Bandeira, para visitar um amigo, a Mangaratiba...pela precariedade dos meios de transporte nos anos 20 e o vento contra, sofrido no trajeto de volta, o verso mostra o sofrimento do viajante...hoje a coisa melhorou muito com a Rio-Santos!rsrsrs...Pedro